Curso de autocompaixão em Porto Alegre | 2019

amor pelas coisas imperfeitas

seja mais gentil com você. e 

então permita que a sua

gentileza inunde o mundo.

por Pema Chödron

Este curso com 10 encontros é baseado no programa Mindful Self-Compassion, elaborado por Kristin Neff e Christopher Germer, com o objetivo de ajudar as pessoas a cultivarem maior gentileza consigo, principalmente nos momentos difíceis.

A maioria de nós sente compaixão quando um amigo próximo está em sofrimento. Como seria receber a mesma atenção gentil de você quando você mais precisa? 

Quando não cultivamos a autocompaixão, somos durxs e rígidxs conosco; temos dificuldade em aceitar nossos erros, e nos culpamos por eles; nos cobramos para sermos perfeitxs com frequência, e nos desapontamos com as expectativas tão altas que criamos; achamos que não estamos suficientemente prontxs quando somos reconhecidxs, pois temos dificuldade de aceitar que já merecemos a felicidade e o reconhecimento nesse exato momento; nos julgamos pelos nossos pensamentos e emoções não prazerosos, e os reprimimos; não reconhecemos e não sabemos escutar as nossas necessidades;  suportamos por muito tempo situações que não nos fazem bem por acharmos que não merecemos algo melhor; nos sobrecarregamos de coisas, deveres, cobranças; perseguimos e projetamos nos outros nossas necessidades não atendidas de cuidado, valorização e aceitação; temos dificuldade de expor as nossas fragilidades e vulnerabilidades; achamos que temos algum problema quando não cumprimos com qualquer um dos itens do “roteiro de felicidade” (como casar e ter filhos, ou ter um emprego, por ex); também nos culpamos se não nos sentimos felizes quando estamos cumprindo com esse roteiro, ou se não atingimos alguma meta; nos achamos estranhxs, inadequadxs, pois nos sentimos pressionadxs a sermos uma outra pessoa.

A boa notícia é que a autocompaixão é uma habilidade que pode ser treinada e cultivada. Tudo o que é necessário é uma mudança de atenção – reconhecendo que, como ser humano, você também merece cuidado e possui os recursos internos para isso. A autocompaixão envolve a capacidade de nos confortar, e motivar-nos com encorajamento quando sofremos, falhamos ou temos a sensação de inadequação. A autocompaixão é uma habilidade que também pode ser aprendida quando nos conectamos com a nossa compaixão inata pelas outras pessoas.

Pesquisas recentes demonstram que a autocompaixão está fortemente associada ao bem-estar emocional, lidar com desafios da vida, menores níveis de ansiedade e depressão, hábitos saudáveis, como dieta e exercício, e relacionamentos pessoais mais satisfatórios.

O que esperar do curso

• Compreender o que é autocompaixão na vida diária
• Lidar com emoções difíceis com maior facilidade
• Motivar-se com bondade e não crítica
• Transformar relacionamentos desafiadores, antigos e novos
• Praticar a arte da apreciação

Este curso é projetado para membros do público em geral. As atividades dos encontros incluem rodas de conversa, exercícios experienciais, práticas contemplativas (como meditação, colagem, dança) e práticas informais.

Quando

Em 10 terças-feiras, de 7 de maio a 9 de julho de 2019, das 19h30 às 22h30.

Inclui um mini-retiro (encontro vivencial para aprofundamento das práticas aprendidas ao longo dos encontros), que ocorrerá no dia 6 de julho de 2019, entre 10h e 18h.

Onde

Simplify – Av. Bastian, 121 – Menino Deus, Porto Alegre – RS.

Quem vai oferecer

Caroline Bertolino – Autora do blog. Mestre pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. É professora do programa Mindful Self-Compassion pela Universidade de San Diego, California, desde 2015. Em 2013, tornou-se professora do programa Cultivating Emotional Balance pelo Instituto de Santa Barbara (EUA). Tem formação em Psicologia pela Universidade Federal de São Carlos e pós-graduação em Arteterapia pelo NAPE. Realizou o curso Comunicação Não-violenta, com Sven Fröelich, em Nazaré Uniluz. Também é habilitada pelo Instituto Social Pichon-Riviére para desenvolvimento e coordenação de grupos, e em Círculos de Paz pela AJURIS. Atua nas esferas institucional e educacional para a promoção da saúde mental individual e coletiva. 

com a participação de Amanda Lautert, formada em Ciências Sociais pela UFRGS, pesquisadora sobre Antropologia do corpo e da saúde, facilitadora de grupos de biodanza pela Escola de Biodanza de Porto Alegre, facilitadora de Círculos de Paz pela AJURIS, educadora de jovens e adolescentes em situações de alta complexidade na Fundação do Estado do RS.

Quanto

R$ 890,00.

Somente 20 vagas. 

Para se inscrever, você pode enviar um e-mail para autocompaixao@gmail.com ou mensagem/Whatsapp para (51) 98141 5335.